A influência da educação na saúde: da antiga à nova geração

Main Article Content

Manuel Aníbal Monteiro João Paulo Peixoto

Resumo

No exercício das suas atividades a Clínica Pilares da Saúde constatou que a maioria dos seus clientes eram homens e mulheres com idade superior a quarenta e cinco anos. Este facto contrariava o que tinham inicialmente previsto, serem senhoras com mais de trinta anos de idade, por conseguinte uma população mais jovem. Com vista a conhecer melhor essa realidade procedeu a uma investigação com recurso a metodologias quantitativas, levando a cabo um inquérito sobre educação em saúde e preocupações com a saúde. O objetivo do estudo foi analisar a relação entre educação e saúde bem como os seus efeitos na nova geração em contraposição à antiga geração. Os resultados alcançados mostraram que a educação tem sido um fator impulsionador de uma maior literacia em saúde na nova geração, permitindo concluir que esta tem uma maior preocupação com a saúde em relação à antiga geração, devido à educação que receberam. JEL Codes:  I10 – Saúde Geral (Saúde, Educação e Bem-Estar).

Article Details

Como citar
MONTEIRO, Manuel Aníbal; PEIXOTO, João Paulo. A influência da educação na saúde: da antiga à nova geração. Eduser - Revista de Educação, [S.l.], v. 11, n. 2, p. 77-91, jan. 2020. ISSN 1645-4774. Disponível em: <https://www.eduser.ipb.pt/index.php/eduser/article/view/126>. Acesso em: 27 may 2020. doi: http://dx.doi.org/10.34620/eduser.v11i2.126.
Secção
Artigos