O bullying em escolas básicas húngaras

Main Article Content

Erika Figula Ferenc Margitics Zsuzsa Zsuzsa Pauwlik

Resumo

O objetivo deste estudo é revelar a estrutura de padrões comportamentais e atitudinais no âmbito do bullying escolar, a taxa de ocorrência do agente do bullying, da vítima, do participante interveniente, do participante auxiliar, bem como os padrões comportamentais de quem assiste entre estudantes do ensino básico, tendo em conta variáveis de idade e género.
Metodologia: Recorreu-se ao Questionário sobre Bullying Escolar, um teste gerador de resultados no nosso grupo de investigação e que foi usado para avaliar os padrões atitudinais e comportamentais relativos ao bullying escolar. Resultados: No caso dos estudantes do Ensino básico (11 a 14 anos de idade) o padrão de comportamento mais frequente foi o de participante auxiliar, sem referência a géneros. Partindo daqui o padrão comportamental mais comummente usado foi o de interposição reconciliadora.

Article Details

Como citar
FIGULA, Erika; MARGITICS, Ferenc; ZSUZSA PAUWLIK, Zsuzsa. O bullying em escolas básicas húngaras. Eduser - Revista de Educação, [S.l.], v. 11, n. 2, p. 50-65, dec. 2019. ISSN 1645-4774. Disponível em: <https://www.eduser.ipb.pt/index.php/eduser/article/view/132>. Acesso em: 05 dec. 2020. doi: http://dx.doi.org/10.34620/eduser.v11i2.132.
Secção
Artigos